quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

O travesseiro de espuma.



Enquanto no céu a Lua e seus pingos de luz serviam de inspiração aos poetas, aqui na ‘Terra’, as minhas forças e inspirações vinham das lágrimas que escorriam em um travesseiro.

Recheado de espuma, ele se fez coração e escutou todos os meus lamentos.

Filho de Morfeu, que com seu beijo macio, acalentava minhas noites de sonhos.

Sonhos de toda uma vida curta que compartilhei com meu pequeno diário de pano.

Seu calor sobre mim substituiu todas as palavras de conforto que um dia eu precisei ouvir.

Era no aperto de meus braços que ele se fez companheiro, confidente e amigo, tão amigo que jamais encontrei alguém como tal.

E com um sorriso florido, me esperou como um pai zeloso em todas as noites que precisei de alguém.

Ah, como eu queria que você tivesse braços pra eu me afogar em seus abraços nas noites em fim.


Por: Isabela Oliveira (Menina Colombina)

9 ataques de riso.:

Ranzinza disse...

Bibi vejo em vc a versão feminina do Sr. Alexandre Costa.

Isso é um elogio!

Não fosse a terrível fatalidade de ter nascido com dois fígados, talvez eu fosse um tipinhoo mais romântico...

Bibi. disse...

Meu romantismo está em crise.

Ranzinza disse...

O meu já acabou faz muito tempo...
Mas vc ainda é muito jovem para está passando por tal crise.

Ranzinza disse...

Tem mais esse link para vc ver, se tiver tempo.
http://livroseletras.wordpress.com/

Bibi. disse...

É fase,logologo meu romantismo mela-cueca volta...e não vai ter quem aguente! hahahahahaha

Beijo meu.

Ranzinza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ranzinza disse...

Sim os livros são meus.
Tenho dois publicados pela http://www.camarabrasileira.com/,onde pude publicar pequenas quantidades (30 exemplares, que são inferno para vender num país onde NINGUÉM lê) e tenho umas coletâneas que faço em parceria com o Alexandre do http://fabricadehistoria.wordpress.com/.
Esses exemplares nós presenteamos nossos amigos, e mesmo assim posso te garantir, eles também não LÊEM!
Eu já plantei árvores, tive uma filha (sou avô! Como me dói dizer isso, hahhaha) e publiquei livros, nesse pé acho que logo, logo "bato as botas"!

Ranzinza disse...

Já que vc é uma LEITORA, te recomendo esse link http://www.releituras.com/releituras.asp
Procure pelo meu Mestre, o Murilo Rubião, e a Mestra do Alexandre, Clarice Lispector.
Depois me diga o que achou.

Ranzinza disse...
Este comentário foi removido pelo autor.